UM CAMPEONATO QUE FEZ FUTURO
Publicada por Luís Bento, em 2021-07-20 (há 4 dias)

Foi de 21 de junho a 9 de julho de 2021 que se fez história, com o foco apontado para o futuro das qualificações.

Numa iniciativa do IEFP/WorldSkills Portugal, e num período marcado pelo adiamento das competições presenciais a nível nacional e internacional, este campeonato teve como objetivos principais sensibilizar a sociedade para a importância das qualificações na área do digital, dar corpo às orientações europeias e nacionais em matéria da educação e formação digital e responder ao desafio da WorldSkills Internacional em tornar 2021 no Ano da Inovação.

São já vários os campeonatos de profissões em que tenho o enorme privilégio de me dirigir a um conjunto de pessoas muito especiais que estão na vanguarda da mudança para um mundo mais qualificado: os seus participantes (formandos, formadores, concorrentes, jurados): verdadeiros pioneiros e um exemplo para o País.” Foi assim que António Valadas da Silva, Presidente do IEFP, deu início à sessão de encerramento do 1.º Campeonato Nacional de Profissões Digitais – SkillsPortugal, Digital 2021, no passado dia 9 de julho e que, tal como o campeonato decorreu em ambiente virtual.

Temos todos a consciência que o presente e futuro se confundem cada vez mais e que o mundo digital, acelerado pela pandemia, ganhou novos horizontes e obrigou-nos a um rápido processo de adaptação aos mais diversos níveis da nossa vida pessoal e coletiva. Foi assim no IEFP. Os momentos de adversidade pelos quais passámos, não nos fizeram baixar os braços, bem ao contrário, instaram-nos, mais uma vez, a resistir e a reinventar o presente e o futuro. Hoje, talvez mais que nunca, as competências digitais são fatores determinantes da empregabilidade e, seguramente, da maior importância no processo de integração socioprofissional. E para todos vós, formandos, formadores, concorrentes e jurados esta experiência, realizada pela primeira vez em Portugal, será seguramente um marco na vossa vida profissional.”

No fim de 3 semanas de provas e após o anúncio dos vencedores em cada uma das profissões em competição, é tempo de fazer balanço.

18 profissões. 116 concorrentes. 105 jurados. 18 presidentes de júri. 47 entidades de educação/formação, das mais diversas tipologias.

Das provas resultaram 55 “medalhados”:

  • 17 “medalhas de bronze”, correspondentes ao 3.º lugar
    • 20 “medalhas de prata”, correspondentes ao 2.º lugar
    • 18 “medalhas de ouro”, correspondentes ao 1.º lugar

Entre os 18 primeiros classificados encontramos caras conhecidas da WorldSkills Portugal. Em Cloud Computing, Prototipagem Rápida e Desenho Gráfico, ficaram em 1.º lugar os jovens que integram a delegação que vai representar Portugal no Campeonato Europeu das Profissões, em Graz, no próximo mês de setembro. Acresce que Bruno Reis, o vencedor de Desenho Gráfico, foi o criador da mascote do SkillsDigital, o Skill’On.

Na profissão de Design de Moda – Vestuário, a vencedora foi a jovem que representou Portugal em Tecnologias da Moda no último ciclo de campeonatos (Euroskills Budapeste e WorldSkills Kazan), e o 1.º classificado em Robótica, não só representou Portugal em Budapeste e em Kazan, como ganhou a Medalha de Bronze em Budapeste, tendo conquistado a Medalha de Excelência e o prémio de Best of the Nation em Kazan.

Inovação. Desafio. Estas foram as duas palavras mais escolhidas para caracterizar o 1.º Campeonato Nacional de Profissões Digitais, por todos aqueles que dele fizeram parte.

Com o SkillsPortugal, Digital 2021 foi dado um passo firme e seguro em direção a um futuro que se quer repetir.

Esta foi, também, uma iniciativa que mereceu destaque internacional. Na cerimónia de abertura já a Presidente da WorldSkills Europa, Dita Traidas, se tinha juntado a este evento e na sessão de encerramento, foi a WorldSkills Internacional que quis marcar presença.

Vocês foram desafiados pela União Europeia para promover e desenvolver competências verdes e digitais. Vocês foram desafiados pela WorldSkills Internacional para fazer de 2021 o Ano da Inovação, dedicado a criar novas formas de nos mantermos ligados e a desenvolver competências para os jovens em todo o mundo. Vocês cumpriram em ambos!”, disse David Howey, CEO da WorldSkills Internacional. “Dou, a todos aqueles que deram um passo em frente, nos últimos meses, os sinceros parabéns e agradecimentos em nome de toda a comunidade global da WorldSkills. Vocês deram-nos uma visão brilhante de um futuro onde a transformação digital das indústrias e das economias nos ajuda, não apenas a sobreviver numa pandemia global, mas a crescer e a prosperar nas suas consequências.”

Chris Humphries, Presidente da WorldSkills foi mais longe e recuou até à criação da WorldSkills por Portugal e Espanha, em 1950: “Para mim, esta competição também é uma lembrança de outra coisa. Há mais de 70 anos, meia dúzia de jovens aprendizes portugueses partiu para Madrid para testar as suas competências contra aprendizes de Espanha.
Naquele momento, nasceu a organização que conhecemos hoje como WorldSkills, agora com 85 membros que representam coletivamente mais de três quartos da população mundial.
Esse espírito de curiosidade, com a sua abertura a novos horizontes e revelando o potencial da juventude, representa a continuidade da missão da WorldSkills e o papel desempenhado por Portugal na entrada em conjunto na oitava década de existência.”

A sessão contou ainda com a participação da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho: “Estão todos a fazer história”, foram as suas palavras iniciais. “As alterações no mundo do trabalho mostram como as qualificações são a grande arma para ganhar competitividade (…). A aposta crítica nas competências digitais é fundamental e pode mudar a vida das pessoas. Temos todos de acelerar estas qualificações que fazem a diferença agora e no futuro. Quem mais investir nestas competências, em áreas estratégicas, é quem está já a garantir o futuro de todos nós. Estes são tempos de um enorme desafio e de ação!

 

Links:

Lista final de classificados

Cerimónia de encerramento