Global Gender Gap Report | Dados sobre Portugal
Publicada por Maria Paula Custódio, em 2022-08-04 (há 4 meses)

O relatório Global Gender Gap Report, do World Economic Forum (WEF) sobre a igualdade de género,  publicado em 2022,  coloca Portugal na 29.ª posição, entre as 146 economias analisadas.

O Relatório Global de Desigualdade de Género, agora no seu 16º ano, analisa os fatores que provocam a desigualdade entre mulheres e homens em quatro áreas: participação económica e oportunidades; nível de escolaridade; saúde e fecundidade e empoderamento político.

Portugal desceu 7 lugares neste ranking, face a 2021, devendo-se fundamentalmente ao facto de termos tido menos mulheres eleitas no parlamento nas últimas eleições legislativas (39,7% em 2019 passámos para 37% 2022), consultar informação aqui. A participação económica e oportunidades das mulheres é outra das áreas que contribuiu para a pior classificação de Portugal, o que se explica por um ligeiro decréscimo na participação no mercado de trabalho e em lugares de poder. Apesar disso, registam-se progressos, embora ténues, na igualdade salarial e nos rendimentos de trabalho das mulheres.

Como fatores positivos destaca-se a subida no ranking a nível da educação – literacia e frequência do ensino básico – e da saúde, com a aumento de anos de vida saudável.

Importa destacar que o WEF indica que o Gender Pay Gap em Portugal é de 11.72%, que a percentagem de mulheres nos conselhos de administração é de 31%, apesar de apenas 8% estarem em lugares de topo nas empresas. Quanto à violência, estimam que a prevalência da violência de género ao longo da vida é de 19% nas mulheres.

 

Fonte: CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género