Declaração Final do Ano Europeu das Competências
Publicada por Maria Paula Custódio, em 2024-05-07 (há 3 semanas)

Está disponível a Declaração final sobre o Ano Europeu das Competências.

De entre vários aspetos destacamos as seguintes conclusões:

✅ O mercado de trabalho europeu enfrenta uma escassez de mão de obra e de competências

✅ As competências são o recurso mais valioso e devem ser aproveitadas como um ativo estratégico para um futuro de sucesso

✅ Desde maio de 2023, o Ano Europeu das Competências sensibilizou para a importância das competências, destacando milhares de iniciativas nos Estados-Membro.

✅ Através da rede de coordenadores, a colaboração e o diálogo entre os Estados-Membro foi fortalecida, criando uma cultura de aprendizagem entre pares entre todos os envolvidos

✅ As competências são um ponto central do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, principalmente no que diz respeito a defender o direito à educação, à formação e à aprendizagem ao longo da vida

✅ As prioridades devem ser: o investimento, relevância das competências, a adequação às aspirações, e atração de talentos de países terceiros

✅ São necessários esforços conjuntos de todos os intervenientes para aproveitar sinergias e tomar medidas eficazes, recorrendo, sempre que adequado, a instrumentos nacionais e europeus já existentes, iniciativas, plataformas e redes de cooperação, bem como de outro tipo de acordos, bipartidos ou multipartidos, a nível europeu, nacional, regional ou mesmo local

✅ É importante manterem-se as competências no topo das agendas políticas, uma vez que são fundamentais para o futuro socioeconómico da Europa, a sua competitividade e a sua capacidade de inovação

 

Saiba mais no documento disponível em: Declaração Final do Ano Europeu das Competências

Fonte: IEFP