Campeonato Europeu das Profissões, EuroSkills Graz 2021
Publicada por Luís Bento, em 2021-09-17 (há 5 semanas)

Este ano, de 22 a 26 de setembro de 2021, vamos assistir a 48 profissões em competição e demonstração, agrupadas em seis setores da indústria, onde cerca de 400 jovens vão demonstrar as suas competências. Pela primeira vez, desde a criação do EuroSkills, este Campeonato Europeu terá lugar na Áustria.

O EuroSkills é o maior evento de educação e formação profissional da Europa.

Organizado de 2 em 2 anos, reúne centenas de jovens com idade inferior a 25 anos, dos vários países Europeus, que competem pela oportunidade de ganhar uma prestigiada medalha na respetiva profissão.

A comitiva portuguesa é composta por 18 jovens, que vão competir em 15 profissões.

Chegaram a esta fase depois de ultrapassarem várias etapas e de terem sido selecionados pelo seu bom desempenho no campeonato nacional das profissões que decorreu em Setúbal, em fevereiro de 2020:

  • João Pedro Ferreira e Rodrigo Costa – Mecatrónica (prova em equipa de 2); CENFIM – Torres Vedras
  • João Paulo Teixeira – CAD CENFIM – Ermesinde
  • João Dinis Ferreira –  Fresagem CNC IEFP – Águeda
  • Pedro Ribeiro  – Soldadura ATEC – Palmela
  • José Perry – Eletrónica CINEL – Lisboa
  • Edgar Monteiro – Controlo Industrial CENFIM – Trofa
  • Pedro Cunha – Marcenaria – CFPIMM
  • Jéssica Bastos – Cabeleireiro IEFP – Rio Meão
  • Seomara Cabrita – Estética IEFP – Barlavento
  • Beatriz Julião e Niuka Oliveira – Tecnologias da Moda (prova em equipa de 2) MODATEX – Lisboa / Porto
  • Samuel dos Santos – Cozinha INSIGNARE – Associação de Ensino e Formação
  • Benedita Rua – Serviço de Mesa e Bar – EHT do Douro-Lamego
  • Hugo Geraldo – Refrigeração e Climatização CENFIM – Porto
  • Messias Rodrigues e Alexandre Rangel – Gestão de Redes Informáticas (prova em equipa de 2) ENTA – Escola de Novas Tecnologias dos Açores
  • Bruno Reis – Desenho Gráfico IEFP – Coimbra

Para alcançar os melhores resultados dos concorrentes nacionais, foram postos em prática planos individuais de preparação técnica e realizadas atividades de grupo, que visaram promover o desenvolvimento de soft skills como a gestão do stress, a resistência à fadiga, o trabalho em equipa, a orientação para os resultados ou a auto motivação.

Integram ainda a comitiva 21 jurados e representantes do Instituto do Emprego e Formação Profissional.

No anterior campeonato europeu, que decorreu em Budapeste, no ano de 2018, Portugal ficou na 8.ª posição entre 28 países europeus. Conquistou, na altura:

  • 3 medalhas de bronze nas profissões de CNC, Refrigeração e Ar Condicionado e Robótica Móvel
  • 6 medalhas de excelência em CAD, Controlo Industrial, Gestão de Redes Informáticas, Mecatrónica Automóvel, Mecatrónica Industrial e Tecnologias da Moda.

Mais informação em: